Quer montar um e-commerce? Veja 10 coisas que você precisa saber – Cnova Marketplace

Quer montar um e-commerce? Veja 10 coisas que você precisa saber

Quer montar um e-commerce? Veja 10 coisas que você precisa saber

Antes de iniciar o projeto de seu e-commerce, vale ficar atento ao que deve ser atrelado a ele e que investimentos não podem ser postergados. Por isso, lembre-se destes 10 itens que você precisa saber antes de montar sua loja virtual:

1) Layout faz diferença

O estilo, tanto no que concerne à estética quanto o que diz respeito à navegabilidade são muito importantes. Cada vez fica mais claro que é preciso pensar na funcionalidade e experiência do site pelo consumidor. Por isso, pense em facilitar as coisas para seu cliente e una aparência com funcionalidade!

2) É preciso cuidar da segurança (e sinalizá-la)

A segurança é um forte fator de decisão, já que muitos clientes podem desistir de comprar algum item em seu site por não se sentirem seguros. Ter um SSL em seu e-commerce é básico para criptografar as informações do cliente, garantir sua segurança e, consequentemente, aumentar vendas.

Mas, procure ir além e identificar e corrigir as vulnerabilidades de segurança de seu site. Uma forma de fazer isso é por meio de Pentest e do serviço de Blindagem de Sites. Os sites que passam pela blindagem recebem um selo que pode ser colocado no site e sinaliza ao cliente que aquele e-commerceanalisou e corrigiu falhas que o tornariam suscetível.

3) O mobile deve ser considerado

Crie um site preparado para o crescimento das plataformas mobile. Conforme apontou o 34º Webshoppers, nos últimos 5 anos, as vendas pelo mobilesaltaram de 0,3% para 23%, no Brasil, um crescimento de 6.300%.

Pense em toda a experiência de navegação via mobile: navegabilidade nestas plataformas, sinalização de segurança, como o uso de selos flutuantes, que se mantém em todas as páginas do site durante a compra.

4) Tempo de carregamento interfere na experiência

40% dos consumidores não esperam mais de 3 segundos pelo carregamento de uma página e, segundo a desenvolvedora do Google Maile Ohye, 2 segundos é o tempo aceitável para se carregar um e-commerce.

Por isso, antes de esboçar seu site deixe isso claro para os desenvolvedores: o tempo de carregamento deve ser prioridade.

5) Tenha informações relevantes e otimizadas

Cadastre todos os produtos com fotos, títulos e descrições. Procure trabalhar com palavras-chave do produto, pois isso facilita com que ele seja encontrado pelo seu cliente.

Também vale fazer o mesmo com as descrições: informe dimensões, tamanho, cores disponíveis, peso e o que mais há de importante sobre seu produto.

6) Marketing é fundamental

Investir em marketing é necessário. Canais de divulgação devem ser colocados em pauta quando seu e-commerce estiver pronto.

A divulgação deve ser tratada a sério, com definição de indicadores-chave de performance adequados e que explorem não apenas engajamento, mas também vendas, receita e margem de lucro. Uma boa gestão de performance e uso de ferramentas próprias para isso, poderão ajudar.

7) Gerenciar estoque deve ser um processo e não um fim

Um erro de gestão é falhar com o controle do estoque. O bom gestor deve cuidar de todo o processo, otimizar tarefas, automatizar a gestão de alguns aspectos para se focar em obter uma percepção macro dos resultados do negócio.

8) Seu preço pode ficar sempre em destaque

Você anuncia em comparadores de preço, shoppings virtuais e formas de marketing nas quais a precificação é um critério decisivo para seu cliente optar por você ou por um concorrente? Quando esse é o perfil de sua loja virtual, como é comum no caso de quem trabalha com venda de eletrônicos, eletrodomésticos e smartphones, é importante saber se posicionar pelo preço.

Aqui, ferramentas de precificação automatizadas podem ajudar sua empresa a acompanhar os concorrentes e algumas regras bem definidas podem manter sua loja sempre no topo!

9) O marketplace pode ajudar a ampliar suas vendas

Sem setup e com apenas uma comissão sobre as vendas dos produtos, omarketplace é vantajoso para ampliar a receita de seu e-commerce. Como são grandes lojas que oferecem seus espaços para que outros lojistas vendam usando sua estrutura, elas já possuem inúmeros clientes.

Com boa avaliação, preço e frete é possível competir para que sua loja seja destacada na buy box, a principal oferta associada ao botão “comprar”.  

10) O pós-venda é o que cativa o cliente: cuide dos detalhes

Invista em um atendimento diferenciado, entregas personalizadas e contato com seu cliente de tempos em tempos. Você pode enviar ofertas com base em perfis de consumo ou mesmo mensagens de relacionamento em datas especiais e aniversários.

Lembre-se de cuidar do cliente conquistado e não meça esforços para isso. Mesmo financeiramente, é muito mais vantajoso manter do que conquistar um cliente. Então, faça a diferença!

Estes são 10 pontos essenciais para quem pretende montar um e-commerce. É preciso ter planejamento, estratégia, direcionamento e execução. Estes aspectos passam por etapas que, cedo ou tarde, irão confrontar o gestor de uma loja virtual e estar preparado para eles te dará uma larga vantagem!

Fonte: E-commerce Brasil 

A vantagem do marketplace para o mundo online
Tudo o que realmente importa sobre a BLACK FRIDAY

1 Comment

Deixe uma resposta